PRECISAMOS FALAR SOBRE O VIÉS DE MATERNIDADE!

Existem diferentes tipos de vieses inconscientes, e sem dúvidas, todos são extremamente prejudiciais, e é no ambiente de trabalho que esses vieses têm o potencial de estagnar ou mesmo prejudicar a carreira das pessoas.

Um desses vieses ocorre particularmente com as mulheres, já que apenas elas podem dar à luz e se tornar mães, e daí vem o nome desse viés: viés de maternidade. A maternidade ativa um estereótipo de gênero que sabota a carreira das mulheres.

O viés de maternidade faz com que elas sejam consideradas menos competentes e comprometidas em seus trabalhos do que mulheres que não são mães. Além disso, menos oportunidades são dadas para as mães, e elas são cobradas em um padrão mais elevado do que os homens, que quando se tornam pais são considerados ainda mais comprometidos com o trabalho.

No processo inconsciente do cérebro, gestores(as) de mulheres que estão para se tornar mães, têm uma tendência a fazer uma associação, um pressuposto de que as futuras mães se dedicarão mais ao novo bebê do que ao seu trabalho, e por conta disso desconsideram aquela tão aguardada promoção, um projeto de destaque ou uma viagem importante de negócios. Isso ocorre também por conta da associação que é feita com relação as mulheres e ao cuidado dos filhos, assim como dos afazeres domésticos. Mas isso já é outro viés e é uma conversa para outro dia!

Para você ter uma ideia do quanto o viés de maternidade é prejudicial para as mulheres, pesquisam mostram que apenas uma simples informação no currículo de uma mulher como: “coordenadora da associação de pais e mestres” já demonstra que ela tem filhos, e sua chance de contratação será 79% menor. Ah, e se for contratada, o salário anual será menor do que outras mulheres em até 11 mil dólares e menor ainda do que o dos homens. 

Uma pesquisa realizada em 2019 por pesquisadores da FGV (Fundação Getúlio Vargas) aponta que 56% das mulheres que voltam da licença maternidade são demitidas no primeiro ano de retorno. Portanto, o viés de maternidade deve ser trabalhado nas organizações com rapidez e eficiência, pois muitas mulheres têm suas carreiras em jogo quando se tornam mães.

Conte com a CKZ Diversidade para ajudar sua empresa a vencer mais esse desafio, pois nossa missão é criar um ambiente de trabalho cada vez mais diversoinclusivo e principalmente humanizado.

Artigos Relacionados

Incluir um Comentário